Tuesday, 4 September 2018

Ferramenta Online para remoção de espaços indesejados

Segue ferramenta online para remoção de espaços indesejados, sendo possível substituir multiplos espaços por um único espaço, ou remover todos os espaços.


Para acessar a ferramenta:
https://www.miniwebtool.com/remove-spaces/

Wednesday, 28 March 2018

Pesquisa usando expressões regulares no Kate

Ao abrir a opção Search and Replace do Kate, é possível selecionar a opção para se usar expressões regulares.
No caso, é possível uma infinidade de comandos.
Como exemplo, necessitava corrigir uma quantidade razoável de arquivos com determinados parâmetros.
Como cada arquivo era diferente, apenas tinha o parâmetro em questão igual, então necessitava que o Kate encontrasse a linha correta e substituísse o conteúdo após o =, independente de qual fosse este conteúdo.
Exemplo:
resolution=1910x865

Para isto, fiz:
resolution=[A-z0-9]+






Obrigado ao Fábio Moretti pela ajuda!

Fonte: Livro Expressões regulares, uma abordagem divertida. Autor:  Aurelio Marinho Jargas

Wednesday, 21 February 2018

Como apagar arquivos mais velhos que X dias de uma pasta (script .ps1)

Com esse script .ps1 é possível apagar arquivos mais velhos que X dias de uma pasta. Desta forma, é possível, por exemplo, automatizar a limpeza da pasta temporária do Windows.
Isto pode ser necessário dependendo do montante de informações que a sua máquina gere nesta pasta.
Ainda há outras funcionalidades como definir que apenas arquivos de determinada extensão sejam apagados.
O exemplo abaixo se refere à pasta temporária e pode ser modificado conforme sua necessidade.


#<BEGIN_SCRIPT>#

#----- define parameters -----#
#----- get current date ----#
$Now = Get-Date
#----- define amount of days ----#
$Days = "15"
#----- define folder where files are located ----#
$TargetFolder = "C:\Windows\Temp"
#----- define extension ----#
$Extension = "*"
#----- define LastWriteTime parameter based on $Days ---#
$LastWrite = $Now.AddDays(-$Days)
#----- get files based on lastwrite filter and specified folder ---#
#$Files = Get-Childitem $TargetFolder -Include $Extension -Recurse | Where {$_.LastWriteTime -le "$LastWrite"}
$Files = Get-Childitem $TargetFolder -Recurse | Where {$_.LastWriteTime -le "$LastWrite"}
foreach ($File in $Files)     {
    if ($File -ne $NULL)
        {
        write-host "Limpando arquivos mais antigos que $Days dias da pasta temporaria" -ForegroundColor "Red"
        Remove-Item $File.FullName -Recurse -Force | Out-Null
        }
    else
        {
        Write-Host "Arquivos mais antigos que $Days dias limpos. Nao ha mais o que limpar!" -foregroundcolor "Green"
        }
    }

#<END_SCRIPT>#

Para maiores informações, veja a fonte do script abaixo.

http://www.networknet.nl/apps/wp/published/powershell-delete-files-older-than-x-days#sthash.km4nSGrV.dpuf

Tuesday, 6 February 2018

Como forçar a atualização dos clientes Windows a partir de um domínio

Cenário testado: um domíno Windows com WSUS gerenciando atualizações dos clientes

É possível configurar para que ao passo que o sistema cliente inicie, as atualizações liberadas no WSUS sejam instaladas imediatamente.
Para isto, referencio abaixo um script disponibilizado na comunidade do Spiceworks. O script pode inclusive gerar logs e até enviar e-mails avisando sobre os resultados da atualização.
No meu caso, configurei uma GPO de Startup ordenando a execução do script na inicialização do sistema. Foi uma forma que encontrei para manter as máquinas atualizadas independentemente do fato dos usuários instalariam as atualizações ou não.
O script promete ainda funcionar em cenários sem o uso de WSUS, ou seja, que utilizam o Windows Update de forma direta.

Segue:
https://community.spiceworks.com/scripts/show/82-windows-update-agent-force-script-email-results-version-2-8

Monday, 29 January 2018

CertUtil: encontre HASH de um arquivo com esta ferramenta nativa no Windows

Vários sites disponibilizam o checksum do arquivo oferecido para download, afim de dar mais confiabilidade ao processo de disponibilização e download do arquivo.
Por exemplo, ao puxar o arquivo do VLC (reprodutor de mídias), é possível verificar o checksum do arquivo, neste caso abaixo gerada através do algorítmo SHA-256


O usuário, para verificar a integridade do arquivo, deverá executar uma ferramenta para encontrar a HASH do arquivo e assim poder comparar a HASH.
O Windows já vem com uma ferramenta instalada chamada certUtil, utilizável através da linha de comando.
Para utilizá-la, digite no Powershell ou CMD:

certUtil -hashfile ocaminhocompletodoarquivo [AlgoritmoHash]

Possibilidades de AlgoritmoHash: MD2 MD4 MD5 SHA1 SHA256 SHA384 SHA512



A seguir um exemplo o exemplo do VLC para verificação da HASH do arquivo:

É possível, a partir do Powershell, trazer somente a Hash, conforme exemplo a seguir:
$(certutil -hashfile ocaminhocompletodoarquivo [AlgoritmoHash])[1] -replace " ",""

Exemplo:


Fonte:
https://superuser.com/questions/245775/is-there-a-built-in-checksum-utility-on-windows-7/898377#898377

Monday, 22 January 2018

Soluções gratuitas para gerenciamento de arquivos duplicados e comparação de pastas e arquivos

Para aqueles que precisam trabalhar com backups imensos, que possuem arquivos duplicados, é possível utilizar uma ferramenta chamada CCleaner.(https://www.ccleaner.com/ccleaner)
O CCleaner já é muito conhecido por realizar limpezas no registro, porém ele possui ferramentas muito úteis, como esta de encontrar arquivos duplicados.
Existem diversos tipos de opções, sendo algumas mais lentas (como por exemplo, verificar se o conteúdo exato do arquivo se repete em outro lugar) ou mais rápidas (como verificar simplesmente se o nome e/ou o tamanho do arquivo se repetem).
Venho observar que é mais seguro deixar habilitada a verificação de conteúdo, já que existem casos, como arquivos .VOB, onde os arquivos costumam ter sempre os mesmos nomes e tamanhos (dependendo o caso, até a mesma data).
Conforme imagem abaixo, entre em ferramentas, localizador de duplicados, e escolha os locais a serem comparados, bem como as opções de busca disponíveis.




O WinMerge (http://winmerge.org/é uma outra ferramenta bem completa que pode ser muito útel para comparar pastas e arquivos, diferenciá-los e mesclá-los.
Por exemplo, ele permite verificar se um arquivo está em uma pasta, e não está na outra. E se o arquivo estiver lá, porém o conteúdo for diferente, ele também pode nos indicar.
Além disso, ao detectar diferenças, é possível enviar uma cópia do arquivo desejado que falta na pasta comparada com poucos cliques.
Abaixo seguem imagens onde é possível escolher as pastas a serem comparadas (menu Arquivo, Abrir), como também a exibição do menu Visualizar onde é possível filtrar a exibição dos conteúdos.







Estas duas ferramentas otimizaram bem meu trabalho de organização e otimização de arquivos e pastas.

Fontes:
https://stackoverflow.com/questions/14138855/tool-to-compare-directories-windows-7
http://winmerge.org/
https://www.ccleaner.com/ccleaner

Monday, 15 January 2018

Como recuperar e-mails de uma lista do MailMan sem ter acesso direto ao servidor

Se você gerencia uma lista hospedada em um servidor Mailman e necessita dos endereços de e-mail dos participantes da lista de uma forma rápida e fácil, basta enviar um e-mail sem conteúdo para:
NOMEDALISTA-request@DOMINIO.COM
Assunto:who SENHAADMIN

Substitua NOMEDALISTA pelo nome da lista que deseja
SENHAADMIN pela senha de administrador da lista
DOMINIO.COM pelo domínio onde a lista está hospedada.


Você receberá um e-mail com os nomes e endereços de e-mails de todos os inscritos. Salve o e-mail.


Fonte: https://www.mailmanlists.net/migrate (If you don't have access to the server)